Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

A gatinha que percorreu 300 Km para reencontrar os donos

Sempre pensei que os cães é que tinham faro, e que por isso, muitas vezes ouvia histórias de cães que regressavam à casa dos seus donos quando se perdiam a muitos e muitos quilómetros de casa. Quando tomei conhecimento da da historia de Holly, uma gatinha que percorreu cerca de 300km para regressar a casa dos donos fiquei surpreendida e comivida! Para quem não conhece a história veja aqui !

 

 

 

As latinhas podem ficar até quantos dias no frigorifico?

A comida seca, a ração, é muito mais higiénica. A comida enlatada além do cheiro que algumas têm quando ficam muito tempo no prato, deve de se estragar, e por isso é que o Riscas depois de ela lá estar muitas horas a rejeita. Mas convém que ele coma dos dois tipos de comida, ou três, quando lhe dou comida caseira!

Quando abro uma latinha mesmo das pequenas, ele não a come num dia, ponho no frigorifico. Mas pelas minhas contas, as latas maiores ficam mais em conta, só que não sei quanto tempo é posso as guardar no frigorifico. Quando pergunto aos clientes, que atendo no supermercado onde trabalho, aos que levam muitas latas de comida para gatos, quantos dias podem ficar no frigorifico, a resposta é que abrem uma lata e dão logo toda, porque têm mais que um gato!

Enfim, se calhar podia perguntar a alguma marca, à wiskas por exemplo...

Vocês deixam as latinhas até quantos dias no frigorifico?

Riscas...José

Certo dia cá em casa, com o intuito de chamar a atenção do Riscas para um disparate que ele tinha feito, alguém chamou Riscas José...e agora por brincadeira e quando é para chamar a atenção ou ralhar o Riscas é ...Riscas José!

Momento selvagem do Riscas

 

Todos os dias e mais ou menos à mesma hora, o Riscas dá-lhe uma "travadinha". Parece que fica meio selvagem. Começa a correr pela casa, sobe para cima das coisas, derruba-me bibelôs e molduras, pendura-se nos cortinados, agarra-se no écran da televisão. Imaginem que eu nem sabia que a TV tinha uns botões atrás para mudar de canal, mas o Riscas sabe onde estão e de vez em quando muda de canal, eu só mudo com o comando. Enfim aquilo são ali uns momentos que por umas vezes achamos graça e por outras vezes tenho de me aborrecer com ele.  Ontem por exemplo, mandou-me o telemóvel ao chão e consegui desligá-lo. Mas depois disto tudo, deita-se e adormece!

Deve de sentir falta de mais espaço, talvez da rua, para fazer disparates à vontade!

Pág. 1/3