Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

Mais um medicamento para otites: Enrox Sabor

Ontem o Riscas, teve de ir novamente ao veterinário, e de novo por causa dos ouvidos. É que o problema ainda não está resolvido. Desta vez ele foi sedado para fazerem uma aspiração aos ouvidos e para colherem uma amostra para análise, já que o caso do Riscas tem sido um tanto difícil.

Até o resultado da análise chegar o Riscas vai ter de tomar uns comprimidos (10), ou seja, antibiótico.

Ele passou o serão a dormir na sua caminha, nem veio ter comigo ao sofá, foi da anestesia...

 

 

Andei a pesquisar pelo nome dos comprimidos e descobri:

 

NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Enrox Sabor 150 mg comprimidos para cães e gatos

 

Indicações de utilização especificando as espécies - alvo O medicamento veterinário destina-se a ser utilizado em cães e gatos para o tratamento de infecções bacterianas do aparelho digestivo, do aparelho respiratório e do aparelho urogenital, da pele, das infecções secundárias em ferimentos e da otite externa, nos casos em que a enrofloxacina seja a droga de eleição no combate ao agente patogénico em causa.

 

Um gatinho bebé

Hoje, venho deixar um texto que  escrevi também no meu outro  blog, é uma conversa sobre gatinhos, que tive com uma cliente a partir da caixa de supermercado onde trabalho:)

 

Uma cliente leva apenas, aquele leite para gatinhos da whiskas, e pergunta-me se não temos biberões para gatos. Respondo que nunca registei nenhum. Vi que a senhora trazia um gatinho muito, muito pequenino dentro do casaco junto ao peito. Digo-lhe que é muito fofinho. É aí que ela me conta que a gatinha deixou de ter leite para lhe dar. Diz-me que a gatinha teve 3 gatinhos e ha pouco tempo um cão matou um dos seus gatinhos, e a gata mãe ficou tão triste pela falta do filho que deixou de ter leite.  O outro gatinho já come sozinho, mas este não come. A senhora ainda me disse que faria tudo para ele não morrer de fome, porque, segundo ela, morrer de fome, é muito triste , mesmo para um gatinho tão pequenino! Aconselhei-a a experimenta a dar o leite com uma seringa, e ela disse que era o que ia fazer.

Agora que também tenho um gato,  estas situações, deixam-me mais atenta.

 

 

O Riscas à noite

À noite quando já estão todos a dormir, apenas eu e o Riscas ficamos na sala a ver a novela. Estou deitada no sofá tapada com uma mantita e o Riscas deita-se no meu colo. Por vezes estica-se ao comprimido, e parece um gatinho enorme...

  

 

Pág. 1/3