Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

Riscas, o gatinho amarelo

O Riscas chegou à nossa casa a 08-12-2012, fruto de um pedido que o PP (menino que ia fazer 7 anos - na altura) fez aos pais. É uma aventura ter um gato num apartamento. Queremos que o Riscas seja saudável e feliz!

Dia de vacina e consulta de revisão anual

consultabichanoriscas.jpg

 

A vet gostou de o ver, disse que estava bem, que tinha o peso ideal, ou seja 4,600Kg, mais que isso, não é aconselhável. Também sugeriu que tomasse umas gotas de omega3 ,   no início da primavera e no início do outono, por causa da queda do pelo.

 

Em relação à vacina, queixou-se  um pouco, pois segundo a vet, aquilo arde...

 

E agora, se tudo correr bem, só lá volta pro ano...

O Riscas anda com uma tara pelo frigorífico

gatofrigorifico.jpg

O Riscas está na nossa casa há mais de quatro anos, e nunca, em tempo algum, se lembrou de subir para o cimo do frigorífico ou mesmo de entrar lá dentro. No entanto, há cerca de 15 dias, sobre diariamente para o cimo, e se apanhar a porta aberta, entra. É uma teimosia/tara que não dá para entender. Eu retiro-o de lá de cima e logo a seguir, ele lá em cima de novo...

 

Acho que o tenho de levar ao psicogato, a ver se ele explica esta mania e se há terapia a fazer!

gatofrigorifico.JPG

A segurança, está primeiro

arnesgato.jpg

Já li algumas vezes por aqui que não devemos usar trelas em gatos. Tudo bem, até concordo. Mas numa situação pontual, em que o motivo é garantir uma melhor segurança, prefiro fazê-lo.

 

Imaginem se eu não tivesse trela nele no dia em que ele foi à TV, podia ter fugido e se ter escondido em algum lugar. E como puderam ver no vídeo, ele esteve bem de trela. Aliás aquela arnês, está adaptada a ele, não tem coleira em volta do pescoço...

 

Claro que agora não volto a usar tão depressa, mas nas ferias, já que ele vai sempre com a família, não descarto a ideia de a voltar a usar.

Pág. 1/2